25
Tue, Jul
1 New Articles

V.N. de Famalicão

A 9 de julho de 1985, a Assembleia da República aprovou a atribuição do título de cidade a Vila Nova de Famalicão.

Como forma de assinalar o 32.º aniversário desta data, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão entregou 30 galardões municipais a 26 cidadãos e a quatro instituições do concelho, que têm contribuído para o engrandecimento da comunidade famalicense, numa sessão solene que se realizou na Casa das Artes, na tarde de domingo.
Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, aproveitou o momento para “prestar contas” aos famalicenses, apresentando um breve balanço dos últimos anos. “Temos procurado melhorar a qualidade de vida dos famalicenses, com ações nos diferentes domínios desde o ambiental às políticas de apoio à juventude, ao fomento do desporto, à evidente preocupação com a dimensão social e ao empenho no fulgor económico”, referiu.
E sendo Vila Nova de Famalicão “um concelho ambicioso e exemplar”, o autarca afirmou que o Município está disponível para receber novas competências sobretudo nas áreas do ambiente, segurança, saúde e ação social. Na área do ambiente, Paulo Cunha mostra-se disponível para assumir, por exemplo, “responsabilidades na prevenção e na fiscalização de condutas ilegais dos nossos rios”. Já na área social, o Município “está preparado para receber novas competências para serem mais justos localmente, de forma a avaliar melhor e a ter uma ação mais proativa e eficaz”, acreditando que as novas competências “ajudariam a prevenir situações e contribuir para mais justiça social”.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição papel n.º 93 do Jornal do Ave 

Videos em destaque

Siga-nos no facebook