25
Tue, Jul
1 New Articles

V.N. de Famalicão

Através do projeto municipal “Famalicão Made IN”, foram criados “1128 postos de trabalho, criadas 87 novas empresas”, incubadas “24 startups” e captado para o Município de Vila Nova de Famalicão um volume de investimento na ordem dos “113,7 milhões de euros”.

Estes foram os resultados globais que se destacam deste projeto municipal e que foram apresentados durante o 2.º aniversário do “Famalicão Made INCUBAR”, que se realizou na noite de sexta-feira, 7 de julho, no Sunset House.
Para Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, estes são “números que falam por si e que atestam o quanto o projeto foi amarrado pela comunidade”. “Este projeto é a conjugação de muitas energias e forças, em que a Câmara Municipal é uma parte facilitadora e que teve a competência da ignição, que pôs o projeto em curso e soube ser cativante e respeitável ao ponto de suscitar o interesse das empresas e dos empreendedores”, denotou.
Para o autarca, o destaque vai para o número de empregos criados, uma vez que, “quando começaram esta caminhada, tinham quase 12 mil desempregados em Vila Nova de Famalicão”, o que era “um número que os preocupava muito, porque eram muitas pessoas a passarem muitas dificuldades com uma conjuntura socioeconómica muito débil”. “Saber que hoje temos pouco de mais de cinco mil desempregados no concelho e se somarmos a isso o facto de este projeto ter dado um contributo que me parece inegável, a minha expressão é de satisfação”, completou.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição papel n.º 93 do Jornal do Ave 

Videos em destaque

Siga-nos no facebook